Amar mesmo não gostando. Pode Arnaldo?

Imagem

 

Na vida, passamos por situações que nos desagradam, desanimam e nos fazem sofrer. Não temos como fugir destes sentimentos enquanto não estivermos suficientemente empáticos para que o desagradável não nos abale. Para a maioria de nós, egocêntricos, esse processo de desenvolvimento de empatia é trabalhoso e lento, mas deve ser gradual e constante, ou seja, uma luta diária.

Mas o que eu quero dizer com amar mesmo não gostando? O que é o amar?

Como seres em evolução, temos o direito de egocentricamente não gostar do que nos incomoda, mas se aprendermos a amar, passamos a sofrer menos. Amar é compreender empaticamente os porquês, entender que o outro dá o que pode e que passamos pelo que temos que passar. Tudo está certo, o universo conspira e cada pequena coisa, aos poucos, vai se encaixando no seu devido lugar.

A partir do momento em que compreendemos que quem nos magoou, nos agrediu, pode estar passando por um momento de provações, sofrendo, e que ele tem uma forma diferente da nossa (só que não) de agir e extravasar o turbilhão que pode estar em seu coração, sofremos menos. Uma frase que me marcou muito no curso foi: “não receba o presente do outro”. O mau humor, a incompreensão, a falta de paciência e de amor são dele, não nossos. Não nos sintamos tão importante a ponto de pensarmos que todo o desagrado do outro é por nós, pois não somos o centro do universo.

O nosso lado egocêntrico não vai gostar de uma cara feia, de uma palavra dura, de uma falta de preocupação com os nossos problemas, etc., e isso é natural e humano. Da nossa parte, podemos a cada dia tentar aumentar nossa empatia, nosso amor compreensão e nosso amor doação, renunciando momentaneamente aos nossos interesses em prol do outro, entendendo que naquele momento ele precisa mais do que nós.

O amor está ligado ao grau de entendimento que há dentro de nós na compreensão das necessidades alheias e no atendimento das nossas necessidades empáticas, portanto, é possível amar mesmo não gostando. Entenda que só podemos mudar a nós mesmos e que a nossa felicidade não pode estar baseada em como o outro irá se portar. O outro é o outro, não é você. Ele pode não estar sempre disposto a te agradar, pois tem os próprios caminhos a seguir.

Cada um de nós tem os seus momentos difíceis, sua parte egocêntrica, muitas vezes estamos psicologicamente desarmonizados, além de termos níveis de valores morais diferentes em cada fase da vida. Respeite isso em você, respeite seus pontos fracos, assuma seus erros e imperfeições e assim aprenderá a respeitá-los no outro e, sofrendo menos, cada vez mais, encontraremos a tão sonhada e verdadeira felicidade.

 

8 comentários em “Amar mesmo não gostando. Pode Arnaldo?

Adicione o seu

  1. Esta frase é perfeita e faz muito sentido quando conseguimos compreender e fazer a mudança em nós.
    Com certeza trabalhoso como tudo que precisa de dedicação, tempo e amor.
    Adorei o seu texto e a sua sensibilidade.
    Bjs.

  2. Amar é sem duvida doação , é mais que sentimento é atitude incondicional em relação ao que se recebe como resposta , por isso que se condiciona a amar não se isenta do sofrimento , mas vale apena ou melhor a galinha toda , a unica coisa que resta ao que ama é suportar.Quem ama , não se ensoberbece ,não se ufana , tudo sofre , tudo crê , tudo suporta , tudo espera , é ferida que dói e se sente , mas fica contente , do amor vem o titulo gente , só quem pode amar , é quem sabe ser carente , que se denomina independente , não tem amor suficiente , para dizer amo sem precedente …

  3. Só por amor nos colocamos em segundo plano para priorizar a necessidade do outro.
    Só com amor somos capazes de sentir a dor do outro e nos irmanarmos nela.
    O amor é o valor mais importante da vida.Amei o seu texto.Bjs.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: