Ter ou Ser? Eis as questões:

meditation-644859_1920

Olá amigos do blog, sejam muito bem-vindos de volta! Hoje vou falar sobre um tema que com certeza envolve a vida de todos nós, e que nos faz vacilar no trabalhoso caminho da evolução, que é “a questão de ter e de ser”. E o objetivo de hoje é lançar perguntas para refletirmos.

O que é mais importante na nossa vida? Onde estamos colocando a nossa energia e o nosso pensamento?

Muitas vezes esquecemos de dar importância ao que realmente importa, a nossa evolução. As coisas materiais, a beleza física, o dinheiro, o poder, tudo isso é passageiro e pode ir embora a qualquer momento. Os materiais podem ser perdidos, a beleza física pode mudar com os anos, o dinheiro pode acabar, tanto quanto o poder. E aí? O que será de nós sem tudo isso? Seremos apenas o que somos por dentro, teremos apenas o que temos por dentro.

Não quero que me entendam mal, não estou dizendo que não podemos ter nada, o que não podemos é colocar a nossa felicidade nisso, viver em função do que não é real e sim ilusório. Nada disso nos pertence e pode nos ser tirado hoje mesmo.

Precisamos repensar a nossa vida, avaliar se não estamos perdendo a oportunidade de nos amar e de amar o nosso próximo. Será que estamos trabalhando demais, pensando em conseguir mais e mais dinheiro e deixando de viver o hoje? Será que deixamos de gastar em algo que nos seria especial, e faria as pessoas a nossa volta felizes, por mesquinharia ou mesmo para poupar além do necessário?

É hora de observar-nos. A vida está passando, estamos fazendo o melhor que podemos dela? Ou ficamos 24/dia focados no consumo, no ter, no comprar, ou no guardar?  Estamos passando tempo suficiente com as pessoas que amamos, estamos telefonando para nossos queridos em seus aniversários que hoje só são comemorados via Facebook?

Estamos valorizando nossos pais, nossos filhos, nossos cônjuges e aceitando-os como são e não desejando que eles mudem por nós? Estamos realmente efetuando em nós a mudança necessária para sermos felizes?

Quais são as nossas preocupações? Dormimos todos os dias com a consciência tranquila de que estamos aproveitando os talentos e os dons que Deus nos deu para sermos pessoas melhores e amarmos os nossos irmãos? Estamos agradecendo os mestres que Ele coloca no nosso caminho para evoluirmos?

Na grande maioria das vezes focamos no que não temos, e geralmente no que diz respeito ao ter, em vez de agradecer tudo que temos. A gratidão é a mãe da abundância, o grato é humilde e o Universo trabalha para que as coisas sejam simples e belas para ele.

Agradeça seu corpo, seja feliz com ele, cuidando-se. Agradeça o que tem de dinheiro, de trabalho e use-os para o seu bem e para o bem comum. Agradeça o poder e use-o de forma a crescer como pessoa e transformar os que estão sob sua responsabilidade. Agradeça a beleza física, se ela é importante pra você, mas não a use para o mal. Não desperdice sua vida com o que não é durável e empenhe-se em cuidar do seu ser.

Um grande abraço e uma ótima reflexão para todos.

Meditação

61. Não desenvolva dependência emocional de nada e de ninguém. Isto lhe fará sofrer.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: