Você é uma pessoa metade?

Imagem

 

Quando colocamos nossa felicidade nas pessoas, coisas e sistemas (família, trabalho, religião, etc.) nos tornamos pessoas metade. Na realidade, em maior ou menor proporção, todos nós fazemos isso, e como somos seres evolutivos, precisamos buscar a cada dia a nossa transformação interior.

A felicidade está dentro de nós. Não podemos depositar expectativas no que não temos controle, ou seja, no que está do lado de fora.  Temos necessidades de segurança e reconhecimento, variando de indivíduo para indivíduo e colocamos nos outros a responsabilidade de nos satisfazer.

Devemos fazer a nossa parte da melhor forma possível, ter amor em tudo que realizamos, seja na vida pessoal, profissional, acadêmica, em tudo, sempre fazendo por nós e não para agradar ou encantar o outro.  O que é feito com amor verdadeiro não espera o reconhecimento, portanto, não sofre quando não o tem. Fazendo cada um a sua parte, o universo conspira e traz de volta o que precisamos para evoluir.

Quando nos tornarmos pessoas dependentes de segurança, aprovação, reconhecimento alheio, a nossa vida não está em nossas mãos, e o outro pode não ter condições de estar sempre disponível. Se não criarmos expectativas só temos a ganhar: se tudo ocorrer como gostaríamos, ficaremos surpresos e felizes; se não ocorrer, não iremos nos decepcionar e a vida continua no equilíbrio necessário.

Viver sempre esperando algo que possa vir de fora nos torna pessoas metades e dependentes da outra parte, nos magoando e sofrendo quando não somos completados.

Precisamos encontrar a paz e a força maior que está dentro de nós e com ela nos transformar. Temos que ajudar ao próximo, amar e compreender que cada um tem o seu tempo, o seu nível de consciência e age conforme a sua capacidade, não sendo melhor e nem pior, apenas em diferente estágio de evolução.

Vamos tentar a cada dia não exigir do próximo o que nem nós mesmos conseguimos fazer. Que possamos nos conhecer mais, explorar e trabalhar as nossas sombras sem depender de aplausos, carinho e retorno para que sejamos felizes. Quanto mais próximo disso, mais inteiros seremos, e a vida se tornará muito mais maravilhosa do que ela já é.

 

 

 

16 comentários em “Você é uma pessoa metade?

Adicione o seu

  1. Ok… Acabo de ler o que precisava hoje para transformar uma sensação de “fracasso” em noção de como esperava por reconhecimento e respeito de outra pessoa que não eu mesma. Obrigada, Ana!

  2. O outro não é como EU QUER0 que ELE SEJA.Ainda estou aprendendo a lidar com isso.
    Obrigada,AMIGA.

  3. Parabéns pela matéria!
    Aplico esse conhecimento no consultório e tem trazido excelentes resultados para o cliente!

    A matéria é sobre Metade, nas minhas explanações comparo com o Todo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: